27 fevereiro 2017

urgente!! Uma morte ronda a Lava-Jato "desfecho"


Foi encontrado morto ontem em Punta del Este, no Uruguai, Carlos Diaz.
No Brasil, quase ninguém sabe de quem se trata, mas Diaz era um elo fundamental para se desvendar crimes que estão sendo investigados pela Lava-Jato.
Diaz era desde 2010 o diligente diretor da Secretaria Nacional de Luta contra a Lavagem de Dinheiro do Uruguai.
Até agora, suspeita-se de que tenha sofrido um infarto, mas hoje será realizada uma perícia para confirmar a causa da sua morte.
Na quinta-feira passada, uma reportagem assinada por Chico Otávio, no GLOBO, revelou que o MPF do Brasil e o Uruguai estavam em vias de fechar uma parceria inédita para investigar a lavanderia de dinheiro sujo procedente do Brasil.

O ponto de partida era a atuação do advogado uruguaio Oscar Algorta, que auxiliou Sérgio Cabral, Nestor Cerveró e outros a lavarem dinheiro de propina.
Ao GLOBO, Diaz disse que cederia instalações e o acervo da secretaria que comandava para que os procuradores brasileiros pudesem aprofundar suas investigações.
FONTE: LAURO JARDIM / O GLOBO
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

compartilhe o post

Postagens populares