• PUBLICIDADE



    12 fevereiro 2018

    SÃO TOMÉ; O fracasso do Carnaval politicamente correto

     O fracasso do Carnaval politicamente correto


    Fotos e relatos de todo o Brasil mostram que as pessoas continuaram se fantasiando de índio no Carnaval –100% nem aí para as acusações de “apropriação cultural” feitas pela esquerda de miolo mole.
    Também continuaram cantando marchinhas clássicas, como “A Cabeleira do Zezé” (“será que ele é?”) e “Mulata Bossa Nova”. E se divertindo vestidas (ou despidas) do jeito que quiseram.



    O politicamente correto é um fracasso em tudo –e mais ainda na tentativa de reprimir o Carnaval. 
    Aqui em são tomé não é diferente. O MP recomendou que o carnaval não fosse realizado com dinheiro do município.  Então com muita sede ao pote a equipe da gestão municipal que tem o mandatário Anteomar pereira, o babá, entrou em ação.


    O prefeito publicou em seu facebook que não iria realizar o carnaval atendendo recomendações do MP. Depois surgiu a ideia de pedir auxilio aos amigos e comerciantes para a realização do carnaval, foi ai quando aconteceu o tiro no pé.
    Conversando com foliões e amigos que estiveram marcando presença na praça da folia como é mais conhecida, o carnaval em são tomé está sendo um fracasso. A principal reclamação é que as atrações não conseguem segurar o povo no local do evento  quando passa de uma hora da manhã. 

    Nenhum comentário:

    Postagens mais visitadas